Vinho branco combina com as comemorações de final de ano

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Família reunida e muita comemoração por mais um ano que chega ao fim. O período de festas está se aproximando e com elas os momentos de celebração sempre são acompanhados por mesa farta. Seja no Natal ou Réveillon, tudo é motivo para brindar. E você, já parou para pensar que todos os pratos que geralmente são servidos nesta época combinam perfeitamente com vinhos brancos?

A sommelière da Vinícola Aurora, Renata Guidoti, dá dicas preciosas de como harmonizar esses vinhos que têm a cara do Brasil com as delícias das festas de final de ano.  A profissional enfatiza que a qualidade e a diversidade destes produtos são grandes aliadas do consumidor na hora de pensar na ceia de Natal, ou nos momentos que marcam a virada de ano, com possibilidades que agradam a todos os paladares.

“Basta olharmos para o mapa do Brasil para nos darmos conta da riqueza da nossa gastronomia e da combinação perfeita da maioria dos pratos com os vinhos brancos. O Brasil é um país tropical, com um litoral tão extenso quanto lindo. Tudo que é servido com o ‘pé na areia’ combinado com esses produtos, como aquele camarão na beira da praia, queijo coalho e peixes empanados, por exemplo”, diz.

“Além disso, os vinhos brancos brasileiros têm uma boa acidez, são frescos e vibrantes e combinam perfeitamente com a alegria do nosso país”, completa Renata.

A especialista explica que o segredo de uma boa harmonização com vinhos brancos está no cuidado para que a bebida não anule o alimento e vice-versa. Para isso, a recomendação clássica é sempre começar com vinhos mais leves para os mais estruturados, e deixar os vinhos de sobremesa para o gran finale.

Para as entradinhas, a sommelière recomenda que sejam servidas bruschettas de tomate, acompanhadas pelo Aurora Varietal Riesling Itálico (R$ 25). Este mesmo vinho, por ter a fruta acentuada e ser bastante leve, também casa muito bem com peixes assados e grelhados. Aves de carne branca, como o tradicional peru de Natal, e até o arroz à grega combinam perfeitamente com rótulo.

“O Riesling Itálico é delicado, mas também tem uma boa estrutura, e por é um produto versátil nas harmonizações. Ele vai muito bem com frutos do mar elaborados com molhos leves, ostras in natura e sashimis. Toda a gama de saladas que é servida nas festas de final de ano também combina perfeitamente com este vinho”, sugere.

Um vinho especial, como o recém-lançado Aurora Edição Única Viogner (R$ 80), da histórica safra 2020, merece um lugar de destaque na combinação com os festejos deste período. Renata propõe que seja harmonizado com salpicão, frutos do mar e até mesmo com pratos mais picantes.

“É um vinho com ótimo equilíbrio do álcool com acidez, com o frescor de um vinho jovem e corpo de um vinho mais maduro. Assim como muitos vinhos brancos, ele casa perfeitamente com queijos como o brie”, diz.

Chardonnay para acompanhar do leitão assado à maionese

Elaborado com a rainha das uvas brancas, o Aurora Pinto Bandeira Chardonnay Indicação de Procedência (R$ 49,90) não pode ficar fora dos brindes. A sommelière sugere harmonização que vai desde o bacalhau ao leitão assado até a tradicional salada de maionese.

“Ele tem um corpo que segura a untuosidade deste pratos. O clássico caldo de lentilha que é servido logo após a virada de ano, ou o lombo de porco, o frango assado, a farofa de miúdos, a gama de possibilidades com este vinho é bem grande”, elenca Renata.

Para as tortas salgadas, outro prato clássico das festa de final de ano, a profissional sugere combinar com o Aurora Varietal Riesling Itálico, quando for feita de legumes, ou com o Aurora Edição Única Viogner, se for preparada com atum.

Um rosé entre os brancos

Como toda a regra, sempre tem uma exceção. Renata Guidoti cita o vinho Aurora Reserva Rosé (R$ 39,90) como dica de harmonização perfeita com chester e tender. Ela acrescenta que todos os pratos com salmão e peixes cru, como atum, também têm o sabor valorizado com este produto.

No apagar das luzes, nada melhor do que harmonizar o clássico panetone de frutas cristalizadas e doces como rabanada com o Aurora Colheita Tardia Branco (R$ 20). O bem brasileiro mousse de maracujá e tortas de frutas cítricas também casam perfeitamente com esse vinho. O vinho elaborado com as uvas Malvasia e Moscato conquistou o paladar do brasileiro por combinar com outras sobremesas, como suflê de baunilha e crepe.

FOTOS

Crédito: Eduardo Benini

Conteúdo produzido por MCom Comunicação

Katerina Monroe
Katerina Monroe

@katerinam •  More Posts by Katerina

Congratulations on the award, it's well deserved! You guys definitely know what you're doing. Looking forward to my next visit to the winery!