Vinícola Aurora

Bem-vindo ao site da Vinícola Aurora. Para continuar informe onde você está e se possui idade legal para beber.

Apoiamos o consumo responsável de bebidas alcoólicas, para visitar nosso site você deve ter idade legal para consumo das mesmas.

Sim, eu tenho
Se beber, não dirija. Se dirigir, não beba.

Vinícola Aurora

Início do conteúdo

A Vinícola Aurora participou, nesta semana, da Prowine Shangai, a edição chinesa da maior feira de vinhos do mundo, a Prowein Dusseldorf (Alemanha). Nessa participação, somou contatos com mais de 20 importadores e realizou várias reuniões estratégicas com os clientes atuais que mantém naquele país. Esta foi a terceira feira na China em que a vinícola participou este ano – as anteriores aconteceram em Chengdu, no norte, e a InterWine em Guanzhou, no sul. Por ocasião da 2ª Wine South America – feira internacional de vinhos realizada em setembro, em Bento Gonçalves (RS), a Aurora recebeu em suas instalações 5 importadores chineses, que conheceram a vinícola e a região e participaram de treinamento com os sucos, vinhos e espumantes da Aurora.

Todos os esforços para ampliar a participação da vinícola no mercado chinês já renderam conquistas importantes. A principal delas, um volume exportado 4 vezes maior este ano em relação ao ano passado. Até novembro, a maior vinícola brasileira já contabiliza um total de 166.416 garrafas exportadas para a China, frente às 39.000 vendidas para lá em 2018. Contribuíram para o aumento expressivo deste ano o início das vendas de suco de uva para o país: foram 45.108 garrafas do produto. Novidade também de 2019 foi o embarque de mais de 6 mil garrafas do vinho Aurora Millésime, top da vinícola. Entre vinhos tranquilos e espumantes, o total vendido para a China nesses 11 meses do ano chegou a 121.308 garrafas.

“Este ano abrimos 7 novos clientes na China e o cliente que conquistamos em 2016 segue comprando nossos produtos”, afirma Rosana Pasini, gerente de Exportação e Importação da Vinícola Aurora. “Nossa meta para 2020 é a de dobrar as exportações para aquele mercado e abrir 3 novos importadores no país”, diz.

;

Continue navegando pelo Blog

Final do conteúdo